Publicado por: Alexandre Madruga | 12/02/2011

Conheçam Sérgio Américo da Rádio Tupi


Sérgio e eu jantando no Leblon

Garoto do Leblon, canceriano, 48 anos de idade, com uma simpatia e carisma da altura de sua competência. Estou falando do repórter esportivo da Radio Tupi, Sérgio Américo, que foi eleito o melhor repórter de esportes do rádio carioca 2011 pelo Portal dos Radialistas.

Conversar com ele é garantia de boas histórias e gargalhadas para desopilar o fígado. Sempre muito solícito, ajuda aqueles repórteres recentes em coberturas de clubes, como eu. E essa colaboração tem motivo. Quando iniciou a carreira, percebeu o “pouco caso” de alguns colegas da época, quando foi cobrir seu primeiro evento. Guardou aquilo como exemplo do que não fazer, e hoje sempre está disposto a dar aquela “pauta” aos amigos mais desesperados ou necessitados.

Conheci Sérgio através de meu amigo de turma, que hoje está na Rádio Tamoio, Vinícius Lima, intitulado por Américo como seu “filho preto”.

- Sérgio é um cara que eu tenho como um “paizão” na setoria do Flamengo. Não é fácil encontrar profissionais com a experiência e a estrada que ele tem preocupados com a formação de novos radialistas. – diz Vinicius. Ele está sempre orientando, gosta de interagir com a garotada e todo contato que tenho com ele é o de um aluno que está aprendendo o tempo inteiro com o professor. Ouvia o Sérgio no fim da década de 90 quando era da Rádio Globo e conviver com ele, além de quebrar aquele misticismo de ídolo e fã, é ter a oportunidade de ser amigo de uma pessoa excelente, que põe a gente no caminho certo e que serve de exemplo para ser um bom caminho a seguir, para aquele que escolhe o rádio como trabalho.

Vinícus Lima e Sérgio Américo.

Conversei longamente com Américo sobre sua carreira, que foi incentivada pelo pai, famoso “Locutor dos Pampas aos Seringais”, o gaúcho Sergio Moraes. Américo passou breve tempo na Universidade Cândido Mendes na década de 80, e ingressou no rádio com uma “ajudinha” de seu pai, que o indicou ao dono da rádio que trabalhava “um jovem e futuro craque no rádio”. Mal sabia o dono, que naquele momento Sérgio sequer tinha pegado num microfone ainda. Mas o destino prega peças e, como Deus escreve por linhas tortas, o destino fez seu papel e colocou Sérgio Américo nas ondas do rádio. Felizmente.

Assim hoje podemos nos divertir e papear com um cara amigo, fiel, solidário e acima de tudo, humilde e um belo contador de histórias.

Que Deus lhe mantenha assim.

About these ads

Responses

  1. onde esta o sergio americo

    • Sérgio Américo está na rádio TUPI, do Rio de Janeiro, como repórter no Flamengo.

  2. sergio americo eu wanderlei de sao paulo senpre estou ouvindo super radio tupi rj fico muito chatiado com saida do garotao luis penido eu com 55 anos senpre gostei de radio des da epoca da bandeirantes ofudador foi darci reis com reporte esso e assuim por diante um abraçao a voces todos da super radio tupi

  3. Sérgio ,fico muito feliz por está falando com vc ,sempre te ouço na tupi,gostaria muito que vc comentasse a revolta que nós flamenguistas estamos do senhor prefeito Eduardo paes ,por insultar a nação semana retrasada ,no jornal (mais)dizendo que só prestamos para ele ganhar voto ,e que esta se lixando para nós ,e que torce para o adriano ser presidente do fla ,para nós falirmos de vez ,e tambem este assunto que o fluminense quer gerenciar o maraca com a jente ,não queremos de jeito nenhum ,nos ajuda assaf rsrsrs,,grato


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.785 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: